domingo, 21 de outubro de 2018

Romance Ekklesía e seus personagens

Com lançamento previsto ainda para 2018, pela Drago Editorial, o primeiro livro da Trilogia Ekklesía - Categoria Romance Gospel - já está sendo bastante aguardado pelos leitores que vem acompanhando todos os processos de escrita e edição.
Mas enquanto o livro não chega... Vamos conhecer um pouco desta trama envolvente que reúne personagens apaixonantes e inesquecíveis:

Samantha Moraes de Abreu - A doce e atraente veterinária que sonha e realiza. Encantada com sua rotina perfeita e responsabilidades sob controle, sente-se confrontada por um desconhecido que duvidou de sua suposta felicidade. Ultimamente seu único sonho ainda por realizar é o de reencontrar William Chevalier em Paris, porém Sam embarca na maior aventura de sua vida ao dar ouvidos ao "anjo" que a incomodou. Viagens inusitadas, novos amigos missionários e um amor improvável são apenas algumas novidades na vida dessa jovem determinada em sua busca...

Helen Sarah Moraes de Abreu - Uma adolescente cheia de espontaneidade e vontades. Sob os cuidados da responsável irmã Samantha, a menina apronta todas longe dos pais que há 2 anos foram transferidos de uma pacata cidade serrano no Rio Grande do Sul para o litoral de Sergipe. Helen e a inseparável prima BFF Rebeca estão cada vez mais sem limites. Confabulam, desrespeitam os adultos, não se preocupam com os estudos... e recentemente andam experimentando drogas. Como será que a organizada Sam vai encarar o fato de que perdeu o controle dessa vez?

Rebeca Moraes - Prima e melhor amiga de Helen desde sempre. Juntas as duas conseguem irritar os adultos com sua constante irreverência... Ultimamente a rebeldia está passando dos limites. Beca é aquela garota que se destaca entre os amigos. Embora não esteja cuidando muito bem de sua aparência, ainda assim é o centro das atenções. Sua natureza cativante, porém manipuladora, vem assustando Samantha, a irmã mais velha de Helen... Sam teme pela segurança da irmã que parece não perceber o perigo iminente lhe cercando ao seguir os passos da prima... Qual desfecho de duas adolescentes com corações traídos, que seguem por um caminho cheio de irresponsabilidades, apenas diversão e drogas?...

William Alexander Chevalier - Filho de pai francês e mãe brasileira. Will nasceu e cresceu em Jardim da Serra, RS, onde conheceu sua melhor amiga quando os dois estavam no 5° ano do Ensino Fundamental. Confuso sobre seu futuro profissional, enquanto a amiga permanecia empolgada com a chegada de sua tão sonhada graduação em Medicina Veterinária, ele decidiu passar alguns meses em Paris para aperfeiçoar seu francês. Meses viraram anos. Até hoje ele não voltou... Justo quando Samantha entendeu que ele é o seu amor verdadeiro.

Débora Mayra Alves - Uma moça tímida com os meninos, porém sua presença é contagiante na Clínica Veterinária Melhores Amigos e na vida de sua melhor amiga e sócia Samantha. Débora não saiu a caça do amor, ela já está bastante ocupada tentando ajudar Sam com seus altos e baixos sentimentais. Entretanto, enquanto envolvida com a mais recente aventura da amiga (a de procurar o misterioso "anjo" que a afrontou sobre sua suposta vida perfeita), Débora é surpreendida quando o amor a encontra no último lugar onde pensou estar... em uma igreja!

? - Samantha não esperava ver ninguém em seu portão naquele final de tarde... Mas enquanto descansava em sua varanda, admirando o crepúsculo que repousava sobre seu jardim, uma voz entre as sombras lhe chamou a atenção. Quem é ele? Quem lhe deu permissão para criticá-la daquela forma? Uma pessoa arrogante ou um amigo misterioso?... Sam gosta de pensar nele como "um anjo". Débora, sua melhor amiga, propõe-se ajudar encontrá-lo. Quanto mais as duas parecem chegar perto de descobrir, mais confusas elas ficam. Afinal, ele se chama Lucas ou Bruno? É ou não o irmão de Lisa? Por que ele entregou uma referência bíblica para ela?...

Estes e outros personagens irão cativá-lo. A missionária Tamar, a tia Carla, Guilherme & Verônica, Lisa e seus gatinhos Mel e Henrique, Susi, Andrei, os pastores Leonardo & Deise, o jovem canadense Joel...
Em cenários ora floridos, ora arenosos. Voos com destinos desejados como Paris, outros inusitados como Ucrânia... Um universo de sonhos reveladores, improváveis evangelistas e muito, mas muito amor mesmo!

Não vejo a hora de compartilhar tudo isto com vocês.

Com expectativas e carinho

CAren DiLima

Modelos das fotos de divulgação: Daniela Dutra (Samantha) / Carolyn Rafaela (Helen) / Katriny Pereira (Rebeca) / Henrique Kray (William) / Brenda Yasmin (Débora)




sexta-feira, 19 de outubro de 2018

4 anos...


Perdi as contas das vezes que ameacei retornar ao Blog. No entanto, com tantas histórias do passado (afinal, são 10 anos), pensava se o melhor a fazer não seria deixar tudo a deriva, navegando nesse oceano imenso chamado internet. Por vezes relembrava algum texto, lia e compartilhava com amigos que estavam passando pelas mesmas estradas que eu já passei... Até que eu decidi que seria estúpido demais abandonar este meu "livro aberto" (que dia 03 de Janeiro completará sua primeira década), e que o melhor mesmo é retirar as teias de aranha, espanar a poeira acumulada e tentar resumir os últimos 4 anos, pra só então colocar a conversa em dia.
Um dos últimos textos que postei falava sobre a chegada de minha família a IEQ Porto Belo. Reli o texto "De Abril à Primavera" e me emocionei (difícil relembrar sem sentir aquelas emoções). Posso dizer que a cada ano estamos experimentando mais e mais a vontade de Deus para nossa família... e Ele não cansa de nos surpreender! Ainda escreverei um post contando sobre o crescimento espiritual da Carolyn (que hoje está com 16 anos); também sobre o desenvolvimento do Cristiano na Obra de Deus; sobre os Seminários de cura que já participei (Oficina da Alma - Jocum; O Encontro dos Vencedores; Veredas Antigas - Universidade da Família...); Os 15 Anos da Carolyn com os melhores presentes que ela poderia imaginar etc... Quero falar sobre tantas coisas com as quais me envolvi (algumas permaneço, outras iniciei e ainda não terminei, algumas já concluí e outras desisti): Aula de violão, aula de LIBRAS; dei aula no AMAI por 2 anos e meio; eu me envolvi com Missões, com casais, com células etc; parei de trabalhar na Livraria, mas continuo moderando a página no Facebook e Instagram, e também sou parceira em atividades externas; A Carolyn trocou de colégio mais 2 vezes hehehe; andei de avião (quem lembra do que passei na viagem de ônibus a Torres?), arranquei meu único siso, comi cebola, usei pilcha, cortei o cabelo bem curtinho, mais tarde platinei os cabelos, fui no Beto carrero e brinquei nas montanhas-russas mais loucas, renovei meus votos com o Cris nas Bodas de Cristal (não nesta ordem necessariamente)... e eu dei asas a minha imaginação, transformando a trama de Samantha em uma trilogia que está sendo publicada pela Drago Editorial, com lançamento marcado para o fim do ano! 📚❤❤❤

Aos poucos vamos nos atualizando por aqui.

As novidades que trago junto aos meus 37 anos para postar aqui no Blog (e ainda ontem eu li sobre minha crise existencial aos 29):

📚 Tudo sobre a Trilogia Ekklesía
 Livros: Ekklesía / Fomos Sarados / Confins da Terra. Resenhas, imagens, treilers, trechos etc.

💖 Além de conhecer um pouquinho sobre cada personagem da trama, exclusivamente no Blog você irá acompanhar a obra EU PROMETO - Conhecendo Débora. Débora é a melhor amiga da personagem principal de Ekklesía, Samantha... A trama compartilhada gratuitamente será um antes e paralelo ao conteúdo dos livros da Trilogia.

😉 Vai saber tudo sobre outros projetos:
📗Livro Salvas pelo AMOR (Sim! Um romance em 1 volume com tramas envolventes para nós mulheres refletirmos sobre o verdadeiro Amor) e tantas outras obras sem nomes ainda, mas que se Deus quiser aos poucos iremos organizando.

📚 Dicas de livros dos meus colegas de editora e também daqueles escritores que eu andei lendo e me encantando.

🎭 Continuarei postando sobre os mini teatros e outros textos que usamos em atividades na igreja. Todos com autorização de uso para abençoar mais pessoas.

💻🎬 Em breve estaremos lançando o Canal no YouTube "Oi JC", referente ao grupo "O ide de Jesus Cristo é para todos?" no Facebook. Os vídeos apresentarão missionários, agências missionárias e projetos evangelísticos em forma de entrevistas etc. Além dos vídeos curtos, aqui no Blog vocês poderão acompanhar as entrevistas mais longas.

Não vejo a hora de colocarmos a conversa em dia!... Estou feliz de retornar antes dos 39, 40... Vamos analisar juntos como meu psicológico se comportará desta vez "na casa dos 9" hehehe. Vamos ver se aquela minha teoria é verdadeira (eu espero que não), ou se dessa vez a transição será tranquila!...

Vamos juntos, então!

Com saudades CAren DiLima

Teatro de Igreja / MÁGOAS


Nos últimos anos tenho exercitado o talento de escritora também em atividades eclesiásticas. A necessidade de certas peças me inseriu a esta modalidade e até agora creio ter escrito 6 ou 7 mini teatros que já foram "testados" na igreja onde minha família e eu servimos.
A mais recente peça se chama "Mágoas" e foi apresentada na Rede de Mulheres (encontro feminino) da IEQ Porto Belo em Outubro/2018. 
Com um texto "base" simples (pode ser alterado com improvisos) e apenas 4 ensaios, as 8 mulheres participantes (nenhuma profissional e a maioria estreiante) fez a introdução, em 7 minutos, da Palavra ministrada sobre o perdão.

Espero que a peça seja tão abençoadora para seu grupo quanto foi para o nosso! Qualquer dúvida e dica, pode deixar nos comentários! Como autora da peça, autorizo ser realizada, apenas ficarei muito grata por compartilharem sua experiência aqui ou por e-mail: carendilima@bol.com.br

Que Deus abençoe sua vida e ministério!

CAren DiLima

_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_

Nome da peça: Mágoas

8 mulheres

Primeira parte: 1 adolescente para a personagem principal / 1 mulher para o papel de professora / 1 mulher para o papel de mãe / 1 adolescente para o papel de irmã. 

Segunda parte (15 anos depois): 1 mulher para a personagem principal / 1 mulher para o papel de amiga / 1 mulher para o papel de pastora (líder etc) / 1 mulher para o papel de observadora.

Figurinos: A personagem principal, que é vivida por uma adolescente e uma mulher que representa 15 anos após, usa roupas semelhantes. Em nossa experiência as duas usavam calças jeans preta, blusa cinza e óculos.
Para a observadora roupas claras. Para as demais, roupas contemporâneas de sua preferência.

Objetos: 2 cadeiras (pufs) para o cenário.
Primeira fase: 1 mochila e 1 prova de Matemática (1 folha qualquer) para a personagem principal / 1 bolsa e 2 livros para a professora / 1 espanador para a mãe / 1 escova de cabelos, 1 sacola de presente e 1 ursinho de pelúcia para a irmã. 
Segunda fase: 1 bolsa para a amiga / 1 vassora para a observadora.

Outros: A persoangem principal (tanto a adolescente quanto a mais velha) tem corações pretos de e.v.a. grudados na roupa (e.v.a. comum ou com brilho). Na primeira fase a personagem usa poucos corações pretos, simbolizando suas mágoas. Na segunda fase a personagem está completamente forrada de "mágoas" (grudamos com durex, para ser fácil retirar no final).

1° CENA: (No centro do corredor. Na frente, entre a platéia e o palco/altar) A professora guarda seus livros na bolsa (como se fosse final de aula)... Simultaneamente a mãe e a irmã ocupam o palco/altar como se aquele espaço fosse sua casa. A mãe e a irmã não interagem nesta primeira cena, mas agem como se estivessem limpando e penteando os cabelos (mais explicações nas segunda e terceira cenas).
A professora já está pra sair quando é abordada por sua aluna (a adolescente está com a mochila nas costas e a prova de Matemática nas mãos. Ela vem do fundo do salão/igreja)...:

Adolescente: Professora! Quero falar sobre a nota desta prova!... Eu estudei muito, mas faltou meio ponto pra eu passar...

Professora: Problema é seu! Deveria ter estudado mais!

Adolescente: Por favor! Não tem nada que eu possa fazer por este meio ponto?

Professora: As notas já encerraram! Azar o seu!

Adolescente: Mas eu nunca te pedi nada... Por favor!

Professora: Já disse que não. Não insista!

A professora sai de cena. A adolescente triste, resmunga sozinha enquanto vai para sua casa (palco/altar):

Adolescente: A minha mãe vai me matar!... Ela reclama de tudo, até se eu faço o que é certo. Estou com medo do que ela vai me dizer...

2° CENA: A mãe está espanando os "móveis", enquanto no outro canto do palco/altar a irmã está escovando os cabelos. Sobre a cadeira está a sacola de presente e o ursinho de pelúcia...
A adolescente "entra" em casa e fala com a mãe que para imediatamente de limpar...:

Adolescente: Bom dia, mãe!... (Fala com tom apreensivo)

Mãe: Bom dia pra quem?!... (A adolescente se "acanha" com a ira da mãe) E então, foi bem na prova de Matemática, pra variar?... (A mãe arranca a prova das mãos da filha) EU NÃO A-CRE-DI-TO! É pra isso que eu compro caderno e caneta? Sua burra! Mas você é um peso morto mesmo... Não serve pra nada!...

A adolescente fica visivelmente triste. A mãe sai de cena enquanto a filha vai até sua irmã...

3° CENA: A adolescente senta-se na cadeira vazia... Observa a sacola de presente e diz:

Adolescente: Outro presente?... Pra quem é dessa vez?...

Irmã: Pra minha melhor amiga! Ela está de aniversário!...

Adolescente: Já notou que você nunca me deu um presente?... Nem parece que gosta de mim!...

Irmã: Até parece que eu vou gastar dinheiro com você! Mas se quiser... Pode ficar com esse urso feio aí... Nem lembro quem foi que me deu...

Adolescente: Fui eu!...

Irmã: Ah claro! Você sempre me dá presentes inúteis e de mal gosto!... Bem, então tchau que eu preciso encontrar minha amiga!...

A irmã sai de cena. A adolescente está muito triste e desabafa sozinha...:

Adolescente: Custava a professora ter me feito um favorzinho?... Custa minha mãe me incentivar e elogiar pelo menos uma vez?... São tantas críticas!... E minha irmã?! Eu não devo valer nada pra ela mesmo... Nunca gastou nem um sequer centavo comigo...

A luz apaga para a troca da personagem adolescente por sua versão de 15 anos depois. Quando a personagem mulher já está sentada na mesma cadeira que fora ocupada pela adolescente, a luz reacende e a personagem retoma o desabafo...:

4° CENA: 

Mulher: Estou tão triste... Tão cansada. Hoje eu parei pra pensar sobre estes últimos 15 anos da minha vida... Se é que eu posso chamar de vida. Sofri tantos abusos, traições, abandono... Fui ferida tantas vezes pelas pessoas... Existe tanto peso dentro de mim, e por isso eu estou doente...

Enquanto a mulher fala as últimas frases, uma amiga anda pelo corredor central do salão/igreja, vai até "sua casa" e chama "da porta"...:

Amiga: Amiga! Você está em casa?!...

Mulher: Sim! Só um momento!... (Ela "abre a porta" e a amiga entra)

Amiga: Eu vim te chamar pra sair!

Mulher: Sair?... (Ela realmente esté desanimada. É evidente sua tristeza o tempo todo)

Amiga: Mas primeiro deixa eu te contar!... (A amiga está empolgada) Essa semana eu fiz tantas vendas (inclua aqui o que for mais familiar... Produto de beleza, quitutes, jóias etc)!... E você nem sabe quem foi que eu encontrei no salão de beleza... Aquela minha prima! O cabelo dela está tão bonito!... (Silêncio) Mas amiga, que cara de tristeza é essa?...

Mulher: Ai, hoje eu não estou bem... Estou precisando tanto de um carinho, de um abraço amigo...

Amiga: Sai pra lá! (Ela empurra) Quem gosta de abraço é urso!... E vai que você me contagia com essa tristeza toda!... Vamos fazer assim: Fica em casa e se amanhã você estiver melhor a gente sai!...

Mulher: Está bem!...

Amiga sai de cena. A mulher está desanimada, mas então tem uma ideia...:

5° CENA: A mulher pega o celular (do bolso) e diz:

Mulher: Já sei! O melhor a fazer é ligar pra pastora (líder)!... Ah! Mas nesse horário ela está na igreja... Não adianta ligar, ela não vai me atender de novo. Eu vou ir até lá pra me encontrar com ela!...

A mulher desce do palco/altar e se possível vai até o fundo do salão/igreja e retorna pelo corredor central. Enquanto ela vai até o fundo, a pastora/líder parece já estar no meio de sua oração na "igreja". Andando de um lado para o outro na frente do palco/altar, de mão erguida, a pastora/líder ora bem alto:

Pastora/líder: Pai das luzes! Deus de misericórdia! Eu Te louvo, ó exelso Rei!... Tu quem cristes os Céus e a Terra... As estrelas, o sol e a lua... Os oceanos, os peixes, as árvores, as frutas e as flores!... Eu te agradeço Criador por ter me criado tão linda, maravilhosa, poderosa e humilde!... Agora peço a tua bênção sobre essa igreja, sobre as criancinhas, sobre os missionários e os filhos dos missionários!... 

Enquanto a pastora/líder ora "sem parar", a mulher aguarda que ela termine... 
*Esta oração é apenas uma ideia para algo que soe como a oração de um fariseu... A pessoa que estiver interpretando tem liberdade para dizer o que ela achar "engraçado" e "exagerado"... 
Quando a pastora/líder finalmente disser o "Amém!" a mulher pode dizer junto, para dar a entender que estava aguardando ansiosa para falar com ela...

Mulher: Pastora/líder!... Eu preciso tanto do seu tempo...

Pastora/líder: (Olha o relógio) Mas minha filha!... Eu já estou atrasada pra uma reunião!...

Mulher: Mas pastora/líder!... Prometo que serão apenas uns minutinhos do seu tempo!...

Pastora/líder: Eu não posso! Estou atrasada!... Mas me chama no Whats e se eu puder respondo ainda hoje!...

A pastora/líder sai de cena andando pelo corredor central até o fundo.
A mulher fica ali em pé, arrasada... Então ela olha para si mesma com todos aqueles corações pretos... Ela cai de joelhos em um silêncio pesado e logo começa chorar amargamente...:

6° CENA: 

Mulher: (Ela não percebe que está sendo observada por alguém que varre a igreja. Ela ora desesperada) Quanta ferida!... Quanta dor!... Deus, por que eu estou doente? Por que Você não tira essa dor de mim???

Observadora: (Ela deixou a vassora de lado) Moça!... (A mulher abre os olhos e a observadora lha estende a mão) Você parece tão desesperada... Quer conversar?...

Mulher: Vo-Você é Deus??!!... (A mulher diz, entusiasmada)

Observadora: Ah não! Eu sou uma mulher, como você! (A observadora é simpática)

Mulher: Ah... Mas você não é uma mulher como eu!... Eu tive uma vida muito difícil por conta de tudo o que já fizeram pra mim... Me magoaram, feriram, abandonaram...

Observadora: Moça!... Eu também já fui magoada, traída, rejeitada... A vida é dura e injusta com todos, e as pessoas magoam mesmo... 

Mulher: (Olha para a observadora sem nenhum coração preto) Você não sabe do que eu estou falando!... Não carrega nenhuma mágoa!...

Observadora: A diferença entre nós não está nas vezes que fomos magoadas... Você não vê nenhuma ferida em mim porque elas ja foram cocatrizadas quando eu entendi o que Jesus nos disse: "Venham para Mim, todos que estão cansados de carregarem suas pesadas cargas, e Eu darei descanso para vocês!...

Mulher: Eu não entendo... Já pedi tantas vezes pra Deus me fazer esquecer o que me fizeram... Acho que Ele não pode fazer nada sobre isso.

Observadora: Veja! Deus sara todas as feridas e traumas!... Mas primeiro devemos tomar uma decisão sobre nossas mágoas!... 

Mulher: Eu não sinto que posso fazer algo...

Observadora: Não é pra sentir, é pra fazer! 

Mulher: O que eu preciso fazer?

Observadora: (Fazendo que vai sussurrar-lhe) Perdoa!...

A mulher se "ilumina"!... (A observadora sai de cena tranquila) Neste momento pode ser usado um louvor sobre o tema ou apenas instrumental, mas que tenha um "brilho" para ajudar entender o poder da decisão em perdoar!... A mulher está sorrindo e arranca de si todos os corações pretos, um de cada vez!... 
Neste momento todos já entenderam a mensagem. Uma das primeiras pessoas que participou da peça pode iniciar os aplausos.

Fim
_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_

IEQ Porto Belo, Canoas / RS
Pra. Andresa Nunes

Mulheres que participaram da peça:
Adolescente: Carolyn Rafaela
Professora: Mariza Fanfa
Mãe: Tânia Medeiros
Irmã: Bruna Medeiros
Mulher: Jane Olivoto
Amiga: Dete Souza
Pastora: Ana Cláudia Pereira
Observadora: CAren DiLima


quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Ekklesía

Depois de muitos meses com o blog quase extinto, retorno com algumas bagagens a mais, e finalmente me permitindo amadurecer para uma vida cheia de oportunidades e realizações.
Há alguns meses envolvida em um processo de escolha de editora para lançar o meu "bebê" chamado "Ekklesía"... Meu primeiro romance da trilogia (o segundo pela metade da gestação e o terceiro super programado)! No dia 05 de Fevereiro de 2018, assinei contrato com a Drago Editorial (RJ) e estou imensamente feliz por Deus, mais uma vez, ter me direcionado para o melhor!
Nos próximos dias seguirei repaginando o blog etc... Coisa que eu já deveria ter feito, mas realmente leva um tempo pra ficha cair. De sonho pra realidade é um choque danado... Maravilhoso, mas danado!

Feliz pelo livro. Feliz pelo retorno ao blog. Feliz pelos sonhos de Deus em minha vida e através de mim!

Um grande abraço da amiga CAren DiLima e até!

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Saved by LOVE / Salvas pelo AMOR no facebook

CURTA no face





Agora o Tópico Saved by LOVE / Salvas pelo AMOR pode ser acompanhado no facebook!!


Te encontro lá!!


Bj da CAren DiLima *CA*